Crítica Completa | Pantera Negra

Resultado de imagem para pantera negra poster nacional

Pantera Negra, o mais novo filme do universo da Marvel, estreou nos cinemas quinta-feira passada (15), e já é outro grande acerto da Marvel Studios. O filme consegue com maestria, contar a origem do personagem usando uma trama simples e direta repleta de boas cenas de ação, bons diálogos, abordando temas sociais e políticos.

O longa se passa pouco depois dos eventos de Capitão América: Guerra Civil, agora o príncipe T’Challa (Chadwick Boseman), retorna para sua terra natal onde ele será coroado rei. O diretor Ryan Coogler que também co-escreveu o filme, apoiou o roteiro no dilema que o jovem rei precisava enfrentar, revelar ou não os segredos de Wakanda para o resto do mundo.

Ryan Coogler o mesmo diretor do ótimo Creed: Nascido Para Lutar, não poupou esforços para mostrar uma Wakanda bem viva na tela, as cenas que mostram a junção da alta tecnologia com as tradições das tribos são de uma beleza ímpar, Coogler fez questão de deixar evidentes as diferenças entre cada tribo, desde sua maneira de se vestir, até a forma de pensar e agir, mas, o principal, é que todos colaboram para que Wakanda seja uma nação tão rica e forte mesmo havendo tantas diferenças entre si. É aqui que o diretor faz paralelos com o mundo no qual vivemos hoje, onde a divisão e a intolerância entre os povos tem crescido assustadoramente a cada ano. O filme não tem medo de mandar uma mensagem direta, criticando o presidente dos EUA Donald J. Trump.

Embora Pantera Negra seja um culto a diversidade, ele não deixa de ser um filme de super-herói e toda a fantasia que cerca o personagem está presente. Como já havia feito em CreedCoogler usa a câmera de uma maneira na qual vemos a ação de vários ângulos, destaque para a sequencia do cassino. Outro grande destaque fica por conta do elenco que abraçaram seus personagens e entregaram ótimas atuações. Como já era de se esperar as mulheres roubam a cena. Danai Gurira (a Michonne de The Walking Dead), vive a general Okoye líder das Dora Milaje a guarda real de Wakanda, Gurira entrega uma personagem forte de poucas palavras com um time certo na hora de ser engraçada. Letitia Wright como a engraçadíssima Shuri irmã de T’Challa, Shuri ficou responsável pelos alívios cômicos, a química de Letitia e Chadwick Boseman é muito boa e divertida, espero que ela tenha mais espaço numa possível continuação. Já a bela Lupita Nyong’o da vida a espiã Nakia interesse amoroso de T’Challa, esqueça o termo “donzela em perigo”, Nakia é outra personagem forte que sabe se defender. O diretor mandou muito bem na construção dessas personagens que são secundárias mais acabam se destacando pelo ótimo roteiro unido da excelente performance das atrizes.

Um ponto que é muito criticado nos filmes do Marvel Studios são os vilões e suas motivações e verdade seja dita, a maioria não passa de versões malvadas do herói. Pantera Negra é uma exceção. O ator Andy Serkis está ótimo como o insano Ulysses Klaw, é uma pena ele não ter dito mais tempo em cena. Agora o destaque fica por conta de Michael B Jordan e o seu Killmonger, diferente dos vilões já vistos em outros filmes, as motivações dele são verdadeiras e entendemos o porque de suas ações, que colidem com as intenções do novo rei de Wakanda, pela primeira vez me vi concordando com os ideais de um vilão da Marvel, isso enriquece o personagem, fazer com que o publico goste do vilão é algo raro nos filmes do gênero. Mesmo assim não podemos esquecer que Killmonger é um vilão e toda a crueldade e frieza estão presente, o Jovem B. Jordan soube como deixar isso bem claro no olhar e nas expressões do personagem.

Pantera Negra é um filme bem feito, com um roteiro redondinho, uma ótima trama que não perde tempo com bobagens, um elenco formidável com atuações ainda melhores, não seria uma surpresa uma continuação ser anunciada em breve. Quem mais filmes como esse sejam feitos que além de entregar um ótimo entretenimento passa mensagens e críticas para o mundo que vivemos, de uma maneira sutil porem direta. Wakanda Para Sempre!

Avaliação do Crítico: Excelente

Ficha técnica:

TÍTULO  Black Panther (Original)
ANO PRODUÇÃO 2018
DIRIGIDO POR Ryan Coogler
ESTREIA 15 de Fevereiro de 2018 (Brasil)
DURAÇÃO 134 minutos
CLASSIFICAÇÃO 10 Anos
GÊNERO Ação, Aventura, Fantasia, Guerra
PAÍSES DE ORIGEM EUA
Anúncios

O Justiceiro | Netflix anuncia segunda temporada!

A imagem pode conter: 6 pessoas, noite e texto

A Netflix acabou de divulga o vídeo para anunciar a segunda temporada de  O Justiceiro veja:

Sinopse:

Depois de se vingar dos responsáveis pela morte da sua esposa e filhos, Frank Castle (Bernthal) desvenda conspiração mais profunda que submundo do crime em Nova York. Conhecido agora na cidade como Justiceiro, ele precisa descobrir a verdade sobre as injustiças que afetam mais do que apenas sua família.

A série é produzida pelos showrunners Steve Lightfoot (Hannibal), Jim Chory e Jeph Loeb (Os Defensores), que também atua como chefe de televisão da Marvel.

O elenco também apresenta Ebon Moss-Bachrach (GirlsThe Lake House), Deborah Ann Woll (Marvel – DemolidorTrue Blood), Ben Barnes (Westworld), Amber Rose Revah (Emerald City , Indian Summers), Michael Nathanson (The Knick , O Lobo de Wall Street ), Jaime Ray Newman (Bates Motel), Jason R Moore, Daniel Webber (11.22.63) e Paul Schulze (Nurse Jackie).

Os 13 primeiros episódios já estão disponíveis na  Netflix.

Crítica | Thor Ragnarok!

20992971_1438115446264637_3054694459983564255_nVerdade seja dita, os dois primeiros filmes do deus do trovão são fracos e podemos afirmar que ambos não fizeram jus ao personagem título. Muitos fãs dos filmes da Marvel os consideram como os piores longas do universo cinematográfico do Marvel Studios. Mesmo assim Thor chega ao seu terceiro filme e a missão de fazer algo melhor e totalmente diferente dos anteriores caiu nas mãos do diretor Taika Waititi, que fez um ótimo trabalho nos entregando mais um filme que vai para lista dos melhores da Marvel.

Em Thor Ragnarok, Waititi preferiu ir pela comédia uma área que ele domina muito bem, aqui o diretor explorou bem todo o potencial cômico do ator Chris Hemsworth. Agora temos um Thor totalmente entre a zoeira, que não pensa duas vezes em fazer uma piada ou tirar sarro dos seus companheiros e inimigos ou até de si mesmo. Fica evidente que muito de filme foi tirado de Guardiões da Galáxia, é aquele velho estilo Marvel, porque mexer em time que está ganhando.

Imagem relacionada

Tirando os excessos, Thor Ragnarok funciona muito bem, os atores veteranos estão muito à vontade em seus personagens, Mark RuffaloTom Hiddleston Idris Elba dão um show, mas são as novidades no elenco que surpreendem, a começar por Jeff Goldblum perfeito e hilário como o egocêntrico Grão-Mestre. A linda Tessa Thompson arrasa como a rebelde Valquíria. Mais a nota 10 mesma vai para a sempre bela Cate Blanchett como a vilã Hela, a atriz não poupou esforços para demostrar que incorporou a personagem e como consequência nos entregou uma vilã poderosa e cruel, que poderia ter muito mais espaço em cena.

Resultado de imagem para thor ragnarok

De resto tudo está redondinho, a trama e simples, sem muitas complicações, à referencias as histórias em quadrinho do Thor para todo lado. Os cenários e figurinos estão ótimos, o que realmente eu senti falta e venho sentindo já algum tempo nos filmes da Marvel é uma batalha final épica e inesquecível. Desde a luta dos Vingadores contra os chitauris que não temos uma batalha empolgante, até mesmo o confronto final de Guerra Civil não é tão legal, temos a luta entre Homem de Ferro, Soldado Invernal e Capitão América que poderia ser épica se são fosse tão curta. Hela é uma vilã poderosíssima e seria uma ótima oportunidade de mostrar ainda mais os poderes do deus do trovão, ainda temos o desperdício que foi gigante de fogo Surtur.

Resultado de imagem para thor ragnarok

Com tudo isso Thor Ragnarok é um ótimo filme que nos proporciona boas rosadas, belas cenas de ação, um alivio depois de dois filmes ruins. Agora nos resta esperar para ver a conclusão em Guerra Infinita.

Avaliação do Crítico: Ótimo

Ficha técnica:

TÍTULO  Thor Ragnarok (Original)
ANO PRODUÇÃO 2017
DIRIGIDO POR Taika Waititi
ESTREIA 26 de Otubro de 2017 (Brasil)
DURAÇÃO 130 minutos
CLASSIFICAÇÃO 12 Anos
GÊNERO Ação, Aventura, Fantasia, Ficção Científica, Guerra
PAÍSES DE ORIGEM EUA

 

Série do Justiceiro ganha trailer ao som do Metallica!

A imagem pode conter: noite e texto

Netflix acabou de revelar o primeiro trailer completo da série Marvel – O Justiceiro. Veja:

Sinopse:

Depois de se vingar dos responsáveis pela morte da sua esposa e filhos, Frank Castle (Bernthal) desvenda conspiração mais profunda que submundo do crime em Nova York. Conhecido agora na cidade como Justiceiro, ele precisa descobrir a verdade sobre as injustiças que afetam mais do que apenas sua família.

A série é produzida pelos showrunners Steve Lightfoot (Hannibal), Jim Chory e Jeph Loeb (Os Defensores), que também atua como chefe de televisão da Marvel.

O elenco também apresenta Ebon Moss-Bachrach (GirlsThe Lake House), Deborah Ann Woll (Marvel – DemolidorTrue Blood), Ben Barnes(Westworld), Amber Rose Revah (Emerald City , Indian Summers), Michael Nathanson (The Knick , O Lobo de Wall Street ), Jaime Ray Newman (Bates Motel), Jason R Moore, Daniel Webber (11.22.63) e Paul Schulze (Nurse Jackie).

Marvel – O Justiceiro segue ainda sem uma date de estreia defendia!

 

Assista agora o terceiro trailer de Homem-Aranha: De Volta ao Lar!

 

O terceiro trailer de Homem Aranha: De Volta Ao Lar foi revelado pela Marvel Studios e a Sony Pictures Brasil e novamente o vídeo teve duas versões uma “domestica” para os EUA e uma para o resto do mundo. Assista as duas versões:

Na trama, o jovem Peter Parker/ Homem-Aranha (Tom Holland), que fez sua estreia sensacional em Capitão América: Guerra Civil, começa a navegar em sua recém descoberta identidade como o super-herói disparador de teia em Homem-Aranha: De Volta ao Lar. Empolgado por sua experiência com os Vingadores, Peter volta para casa, onde vive com sua tia May (Marisa Tomei) e sob o olhar atento de seu novo mentor Tony Stark (Robert Downey Jr). Peter tenta entrar de cabeça em sua rotina — distraído pelos pensamentos de provar a si mesmo que pode ser mais do que só o amigão da vizinhança, o Homem-Aranha, mas quando o Abutre aparece como um novo vilão, tudo o que Peter considera mais importante será ameaçado.

Homem-Aranha: De Volta ao Lar estreia em 6 de julho de 2017.

A série dos Defensores ganhou o seu primeiro trailer, assista:

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, sapatos e texto

A Netflix Brasil revelou o primeiro trailer da primeira temporada de Os Defensores. Veja o Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage e o Punho de Ferroem ação juntos:

A série vai unir Os Quatro Heróis: Punho de Ferro (Finn Jones), Demolidor(Charlie Cox), Luke Cage (Mike Colter) e Jessica Jones (Krysten Ritter). Sigourney Weaver será uma vilã, cuja identidade ainda não foi revelada.

Os Defensores estreia dia 18 de agosto.

Veja agora o primeiro teaser de Thor: Ragnarok!

Sem muito alarde o Marvel Studios revelou o primeiro teaser trailer de Thor: Ragnarok ao som de Led Zeppelin. Assista:

Sinopse:

Em Thor: Ragnarok, o deus do trovão preso do outro lado do universo, sem seu poderoso martelo e se encontra em uma corrida contra o tempo para voltar a Asgard para parar Ragnarok , a destruição de seu planeta natal e o fim da civilização Asgardiana que está nas mãos de uma nova ameaça, a toda-poderosa e implacável Hela. Mas primeiro ele deve sobreviver a uma disputa mortal de gladiadores que vai coloca-lo contra seu ex-aliado e companheiro Vingador, o Incrível Hulk!

Chris Hemsworth, Tom Hiddleston, Idris Elba e Anthony Hopkins retornam a seus papeis. Mark Ruffalo, Cate Blanchett, Jeff Goldblum, Tessa Thompson e Karl Urban são as novidades no elenco. Taika Waititi dirige.

Thor: Ragnarok estreia dia 02 de Novembro de 2017.